domingo, 27 de fevereiro de 2011

500

Este é o posto 500. Ia escolher alguma coisa especial mas desisti. Na realidade fiquei pensando em todas as opções que estão aqui perto de mim. Mas amo tudo e não queria deixar ninguém chateado (hahaha). Então, só colocarei aqui o quanto a literatura é importante pra mim. O quanto ela nos mostra outros lados, nos anima, nos faz acreditar, e é essencial sempre. E o mais importante de tudo - a literatura me faz acreditar no 'compartilhar' e no 'pertencer'. A minha aflição sempre é não conseguir ler tudo nessa vida. E fazer seleções - que são sempre doloridas. Mas .... tudo faz parte. E continuaremos por aqui, queridos 6 leitores.

4 comentários:

Veneranda Pedroza disse...

E como diz o Caio: "Você lê e sofre. Você lê e ri. Você lê e engasga.
Você lê e tem arrepios. Você lê, e a sua vida vai se misturando no que está sendo lido."
E é por isso que eu leio.
Bjo e parabéns pelas 500 postagens...

Anônimo disse...

Falou pouco; mas foi bonito...
Achei lindo.
E que venham mais 500, 1.000, [símbolo do infinito]...
6 leitores, uni-vos nesse comentário; tem como?

Anônimo disse...

Ops. I did it again

BRUNO SOARES DE OLIVEIRA

Elaine Cuencas disse...

ÊÊÊÊ Parabéns!!!
"Para o filósofo alemão Martin Heidegger, a "poesia é a instauração do ser pela palavra". Para João Cabral de Melo Neto, "a poesia é a linguagem para a sensibilidade". Já para o poeta americano T. S. Elliot, "a poesia pode ajudar a romper o modo convencional de perceber e julgar [...] e faz ver às pessoas e o mundo com olhos novos ou descobrir novos aspectos deste. De quando em quando, ela pode dar-nos uma consciência mais ampla dos sentimentos profundos, ignotos, que formam o substrato do nosso ser, ao qual bem raramente ascedemos; porque a nossa vida é, em geral, uma contínua evasão de nós mesmos e do mundo visível e sensível". (apud BOSI, 2003, p. 31)"