sábado, 11 de abril de 2009

Nos Poços




"Primeiro você cai num poço. Mas não é ruim cair num poço assim de repente? No começo é. Mas você logo começa a curtir as pedras do poço. O limo do poço. A umidade do poço. A água do poço. A terra do poço. O cheiro do poço. O poço do poço. Mas não é ruim a gente ir entrando nos poços dos poços sem fim? A gente não sente medo? A gente sente um pouco de medo mas não dói. A gente não morre? A gente morre um pouco em cada poço. E não dói? Morrer não dói. Morrer é entrar noutra. E depois: no fundo do poço do poço do poço do poço você vai descobrir quê".

De Caio Fernando Abreu. Na obra "O ovo apunhalado".

Obs - Cuidado para não se acostumar e ficar no poço forever.

5 comentários:

Elaine disse...

Afinal...se não é tão terrivel assim,acho que vou me jogar bem lá no fundo...quem sabe encontro uma cmpanhia agradável, caindo também e vamos juntos até o final...

sei lá, mil coisas!

Andréa disse...

Elaine,

Ou não!

Bjs

Michellle disse...

Eu vou ficar pensando nisso...

Michelle disse...

Como eu não tenho um blog, peço licença para publicar este excerto aqui... "INEXISTE NO MUNDO coisa mais bem distribuída que o bom senso,
visto que cada indivíduo acredita ser tão bem provido dele que mesmo os mais
difíceis de satisfazer em qualquer outro aspecto não costumam desejar possuí-lo
mais do que já possuem. E é improvável que todos se enganem a esse respeito;
mas isso é antes uma prova de que o poder de julgar de forma correta e discernir
entre o verdadeiro e o falso, que é justamente o que é denominado bom senso ou
razão, é igual em todos os homens; e, assim sendo, de que a diversidade de
nossas opiniões não se origina do fato de serem alguns mais racionais que
outros, mas apenas de dirigirmos nossos pensamentos por caminhos diferentes..." DESCARTES. René. Discurso do Método.

Andréa disse...

Michelle,
Achei o texto o máximo. E coloque aqui o que vc quiser.