quinta-feira, 23 de abril de 2009

Whoever you are holding me now in hand


"Whoever you are holding me now in hand,

Without one thing all will be useless,
I give you fair warning before you attempt me further,
I am not what you supposed, but far different...

...

Therefore release me now before troubling yourself any further, let go your hand from my shoulders,
Put me down and depart on your way."

Walt Whitman

Numa quinta-feira enxaquecosa, Whitman está comigo.


A última parte que escrevo aqui seria mais ou menos assim:

Então solte-me agora antes de se aborrecer ainda mais, tire a mão dos meus ombros,
Coloque-me no chão e vá seguir seu caminho.


Obs - o poema é bem mais interessante que só estes versinhos.

Um comentário:

Elaine disse...

Sai de mim!!!!
Ao fim e ao cabo é isso...não é mesmo?
bjs, Elaine