sábado, 17 de abril de 2010

Renato



Já falei de Bethânia, Elton John e do Freddie Mercury. Mas nunca falei do Renato Russo. Ouvi na rádio e vi na TV algumas comemorações pelos 50 anos que faria se estivesse vivo. Não quis ver nada. Sabe como é, né? Não tenho vontade de ver essas homenagens porque só me dá vontade de chorar. Eu ADORAVA o Renato Russo. E lembro do dia que ele morreu perfeitamente. Amo, principalmente, este cd que coloquei aqui. Ele cantando em inglês? Lindo. E as músicas? Bob Dylan, e Madonna e aquela linda da Cor Púrpura e aquela do cara do Eagles (Don Henley).

Nunca ouviram? Por favor, ouçam "The heart of the matter" já. Um trechinho:

I've been learning to live without you now
But I miss you sometimes
The more I know, the less I understand
All the things I thought I´d figured out, I have to learn again
I've been tryin' to get down to the Heart of the Matter
But everything changes
And my thoughts seem to scatter
AndI think it's about forgiveness
Forgiveness
Even if, even if you don't love me anymore

Que sábado delícia, né? Pois é. Ainda bem. Sei que a música é triste para uma colocação dessas. Mas músicas tristes também nos deixam felizes. Pelo menos eu fico. Tá bom. Nem sempre.

3 comentários:

Bleffe disse...

Quer ajudar as vítimas das chuvas no RJ e não sabe como? O Bleffe tem uma alternativa:

http://bleffepoprock.blogspot.com/2010/04/bleffe-na-ajuda-as-vitimas-das-chuvas.html

marcos_olival disse...

Olá Andrea,
Há uma sequência neste album perigosíssima para pessoas com tendências suicidas que começa com 'I get along without you very well' (já gravada tb pela Billie) e vai até, no mínimo 'The heart of the matter' O álbum é, desculpe o trocadilho infame, lindo de morrer.
Beijão,

Andréa disse...

Querido Marcos,
É lindo de morrer sim!!! Concordo com tudo que vc disse.
Um beijo.